Uber desativará contas de quem enviar mensagens inadequadas

Julio Vasconcellos, investidor: “O Brasil cresce sem depender de governo”
10 de abril de 2019
A internet está quebrada. E isso tem tudo a ver com a nova onda de censura
18 de abril de 2019

Na última versão do aplicativo Uber, a empresa responsável pela plataforma realizou algumas mudanças para tornar as interações que acontecem por meio do app mais seguras.

O novo recurso detecta automaticamente qualquer tipo de linguagem imprópria que for usada nas conversas dentro do aplicativo, desativando permanentemente a conta do emissor dessas palavras. Assim, a empresa pretende banir o uso de termos ofensivos, violentos ou que envolvam conduta sexual, no ambiente do aplicativo. As medidas valerão também para o Uber Eats, a plataforma de pedidos e entrega de alimentos da mesma companhia.

Caso a identificação de expressões desse tipo, que é automática e feita a partir de algumas palavras-chave que são detectadas, gere alguma dúvida ou dê margem a falsos positivos, uma equipe de 600 profissionais será responsável por analisar o contexto da conversa e tomar as medidas cabíveis. Se for determinado que o julgamento automático estava equivocado, os usuários continuarão cadastrados, normalmente.

A inteligência de detecção já está ativa na versão atual do aplicativo. O processo está em funcionamento no Brasil e em outros países da América Latina, como Costa Rica, Guatemala e México, desde o começo do mês.

Confira os produtos da Etiquetaria Paulista!

Acesse:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *